quinta-feira, março 21, 2019
Início > Saúde > Bancos de leite do DF pedem ajuda para manter estoques

Bancos de leite do DF pedem ajuda para manter estoques

Com estoque abaixo do necessário os bancos de leite do Distrito Federal pedem ajuda para manter os estoques. Esse ano,até o início de dezembro, foram coletados 14.743 litros de leite, 218 litros a menos que o mesmo período do ano passado.

 
O leite que serve para alimentar bebês internados nas unidades neonatais e não podem ser amamentados por suas mães, teve baixa nos estoques devido a queda do número de doadores, contabilizando 321 mães a menos do que em 2015, resultando também na diminuição na quantidade de bebês beneficiados.

 
A coordenadora dos Bancos de Leite da Secretaria de Saúde, Miriam Santos, reforça a importância da doação, “O importante é valorizar a doação como um ato que pode salvar vidas. Um pote pode alimentar até 10 bebês”.

 
Para doar basta ser mãe saudável com excesso de leite, então é só coletar e ligar para o 160 opção 4, para que o Corpo de Bombeiros realize a coleta, outra opção é o site Amamenta Brasília e realizar o cadastro como doadora.

 
Entretanto para manter o leite saudável é necessário seguir alguns cuidados com o armazenamento:
– Para armazenar o leite, utilizar frasco de vidro com tampa de plástico
– Colocar vidros e tampas numa panela e cobri-los com água
– Ferver tudo por 15 minutos
– Deixar vidros e tampas escorrerem sobre um pano limpo até secar. Fechar o vidro sem tocar na parte interna da tampa.
– Colocar touca ou lenço para cobrir os cabelos
– Colocar fralda ou máscara sobre o nariz e a boca.
– Lavar as mãos e braços até o cotovelo com sabão e água
– Antes de iniciar a coleta, lavar as mamas apenas com água
– Secar as mãos e as mamas com uma toalha limpa
– Evitar conversar durante a retirada do leite
– Retirar o leite quando as mamas estiverem muito cheias, antes ou depois das mamadas

Compartilhe em suas redes sociaisShare on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Pin on Pinterest
Pinterest
Share on Tumblr
Tumblr
Share on LinkedIn
Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *