quarta-feira, outubro 23, 2019
Início > Cidades > Chuva causa estragos na Avenida Portugal e Marginal Botafogo, em Goiânia

Chuva causa estragos na Avenida Portugal e Marginal Botafogo, em Goiânia

chuva que caiu na tarde desta quinta-feira (6) causou diversos estragos por vários setores de Goiânia. Segundo o Instituto de Meteorologia, em uma hora de chuva caiu 70,8 milímetros, o que representa 61% do esperado para todo o mês de abril.

Na Avenida Portugal, no Setor Oeste, a força da água foi tamanha que boa parte do asfalto da via foi arrancado. A Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra), por meio da assessoria, informou que a região está passando por uma avaliação técnica e deve ter a massa asfáltica trocada. Esse trabalho deve ser iniciado ainda hoje.

A assessoria também informa que outros pontos da cidade que tiveram qualquer tipo de dano estão sendo monitorados pelo órgão e serão sinalizados para a realização dos reparos necessários.

A Marginal Botafogo, que passa por reparos desde 2017, sofreu mais uma vez com a força da água. Na tarde de ontem, a via parecia um rio. O canal não suportou o volume de água e transbordou.

Situação da Marginal Botafogo. (Foto: Leitor/Mais Goiás)

A assessoria do órgão ressaltou que o trecho entre Avenida Jamel Cecílio e o Viaduto Mauro Borges, no sentido Norte/Sul, teve que ser totalmente interditado devido às obras de sustentação da parede do canal que estão sendo realizadas no local. A via ainda continua interditada no dia de hoje. Já no sentido oposto, a pista está funcionando apenas na faixa da direita.

A chuva destruiu parte do asfalto embaixo da ponte da Avenida Independência, que também passa por obras. A assessoria destacou que, logo após o temporal, equipe com técnicos percorreram toda a via e encontraram apenas danificações, como rachaduras em alguns pontos do asfalto.

Apesar disso, a assessoria informa que todo o incidente não prejudicou os trabalhos já realizados na via. A chuva também não alterou o calendário das obras nos 18 pontos críticos detectados, que é de quatro a cinco meses para conclusão.

Apesar do estrago, a assessoria da Seinfra afirma que não houve danos ao que estava feito ou nem alteração no prazo das obras (Foto: Reprodução/ Seinfra)

Fonte: Mais Goiás

Compartilhe em suas redes sociaisShare on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Pin on Pinterest
Pinterest
Share on Tumblr
Tumblr
Share on LinkedIn
Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *