terça-feira, julho 16, 2019
Início > Geral > Feirão oferece mais de 4 mil imóveis populares em Goiânia, Aparecida e Senador Canedo

Feirão oferece mais de 4 mil imóveis populares em Goiânia, Aparecida e Senador Canedo

A Praça Central do Araguaia Shopping recebe o 1º Feirão da Casa Nova de 30 de março a 2 de abril, das 10 às 22 horas. O evento é uma iniciatica do Sindicato da Indústria da Construção no Estado de Goiás (Sinduscon-GO) e da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário (Ademi-GO), com parceria da Caixa Econômica Federal. O objetivo das entidades é ampliar as oportunidades de comercialização de imóveis com a oferta de mais de 4 mil unidades habitacionais.

O feirão destina-se, prioritariamente, ao público consumidor das classes B e C, disponibilizando aos visitantes todas as orientações necessárias para efetuar a compra segura de seu imóvel, com total facilidade. Participam desta primeira edição do “Feirão Casa Nova” as empresas: Borges Landeiro, Brasal, CMO, Dinâmica, EBM, Emisa, Engel, FR, GPL, Masb, MRV, Terral, Tropical e Vega. Serão disponibilizados empreendimentos localizados em Goiânia, Aparecida de Goiânia e Senador Canedo, entre apartamentos e casas de 1 a 3 quartos, com dimensões de 43 m² a 127 m² de área privativa. Os imóveis terão valores variados a partir de R$ 139 mil. As entidades estimam que cerca de 100 mil pessoas passem pelo Feirão durante os quatro dias de evento.

O presidente do Sinduscon-GO, Carlos Alberto Moura, espera que o 1º Feirão Casa Nova seja o diferencial que as empresas buscam para a comercialização de seus produtos. O sucesso, em sua visão, já é garantido. “A expectativa é fantástica, pois todos envolvidos estão muito motivados. As notícias que temos recebido nos mostram um mercado que vai mudar sua perspectiva, pois estava com poucas vendas, retração de mercado; mas já vemos o início da mudança, o ritmo já começa a acelerar novamente, os empregos vão voltar e as vendas vão crescer”. Segundo Moura, o objetivo maior é gerar emprego e renda, pois é isso que vai fazer o país sair da crise. “A indústria da construção é o primeiro setor a dar sinais de recuperação e, sem dúvidas, Goiânia vai mostrar para o Brasil a capacidade de comercialização e o público qualificado de compradores e investidores que vão ser nossos parceiros”, afirmou.

O presidente da Ademi-GO, Renato de Sousa Correia, também tem expectativa positiva quanto à realização do 1º Feirão Casa Nova. “Nossa expectativa é extremamente positiva, visto que a economia já dá sinais de recuperação importantes como taxa de juros em queda, inflação em queda, melhoria nos índices de emprego formal, lançamento da faixa 1,5 do Programa Minha Casa Minha Vida 3, dentre outros”, destacou. Para ele, este é o momento do setor se movimentar para colocar todas estas oportunidades no mercado, e as entidades se uniram de forma proativa, pois acreditam que o sucesso será comemorado ao final.

Ofertas

A Dinâmica Engenharia, a CMO Construtora, a Engel Engenharia e a Tropical Urbanismo levarão para o evento as ofertas do Eldorado Parque, complexo residencial de quadras fechadas no bairro Parque Oeste Industrial, empreendimento que traz valorização e urbanização para a região que foi um vazio urbano durante muitos anos. O complexo levará, além de prédios residenciais, futuro parque verde a ser construído pela prefeitura de Goiânia e centro de compras para os moradores. “No Feirão da Casa Nova, teremos mais de 500 unidades distribuídas em seis empreendimentos, que encontram-se em fases de obra diferentes. Além disso, teremos opção de unidades prontas para morar”, diz o diretor da empresa, Mário Valois. Para a negociação o consumidor poderá contar com o FGTS de entrada na maioria dos casos e também com financiamento pelo Minha Casa Minha Vida, enquadrando-se nas exigências do programa.

As metragens dos apartamentos no complexo variam entre 48m² e 65m², com dois quartos ou três com suíte, de modo que cerca de 150 desses apartamentos já estão prontos para morar e disponíveis para compra por meio do FGTS e pelo programa MCMV. Os empreendimentos participantes serão De la Flor, Harmonia, Ibirapuera, Villa Lobos e Anhembi, que já estão prontos para morar; e o Pampulha, previsto para ser entregue no primeiro semestre de 2018. “A grande vantagem do evento é que o consumidor já poderá sair de lá com o financiamento já aprovado pela Caixa Econômica Federal”, diz Mário. O preço médio do m² dos imóveis é de R$ 3,2 mil.

Apartamentos da faixa 1,5 MCMV

A MRV Engenharia é a empresa que promete levar o maior número de unidades para serem negociadas no Feirão, serão cerca de 1.500 unidades distribuídas em sete empreendimentos, incluindo o seu mais recente lançamento: Gran Navona, no Setor Moinho dos Ventos, na região Sudoeste da Capital. A construtora disponibilizará apartamentos na planta, semi prontos e prontos, todos padronizados com 2 quartos e com opção para portadores de necessidades especiais.

A construtora também será a única empresa participante a levar imóveis que poderão ser adquiridos pela nova faixa 1,5 do MCMV, voltado para famílias com renda mensal entre R$ 1,4 mil e R$ 2,6 mil. Aqueles que adquirirem um imóvel MRV Engenharia no feirão terão exclusivo desconto de até R$ 9 mil, além dos subsídios do governo que podem chegar a R$37 mil. Segundo o gestor comercial da empresa, Fernando Salomão, quem adquirir um imóvel no 1º Feirão Casa Nova, também ganhará o desconto adicional de R$ 1.000, caso o crédito seja aprovado na hora. A construtora oferecerá ainda imóveis como Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) e registro pagos.

“Diante das mudanças do Programa MCMV já notamos um maior movimento das pessoas em busca da casa própria, o que nos faz otimistas com relação a este Feirão. Aguardamos cerca de 100 visitas por dia de evento em nosso estande”, afirma Fernando Salomão.

Mais apartamentos são incluídos no MCMV

As mudanças no MCMV possibilitaram que mais empreendimentos fossem incluídos no Programa e, agora, os consumidores podem adquirir os apartamentos com taxa de juros menores e possibilidade de receber ainda subsídios. Atualmente, os valores do programa são R$ 237 mil para imóveis em Goiânia (antes era R$ 180 mil) e R$ 225 mil em Aparecida de Goiânia (antes era R$ 170 mil).

É o caso do Parque Imperial, residencial em obras pela FR Incorporadora próximo à Avenida São Paulo em Aparecida de Goiânia, que agora tem 100% das unidades dentro do MCMV. No 1º Feirão da Casa Nova, a empresa oferecerá unidades com plantas de dois quartos com metragem de 48m² a 55m².

Outra opção da FR para o evento será o Reserva Jaraguá, empreendimento próximo ao Parque Agropecuário da cidade, na Vila Jaraguá, que oferece apartamentos 56m², com dois quartos; e 70m², com três suítes.

Prontos para morar

Outra opção no 1º Feirão Casa Nova será a oferta de imóveis prontos, ideais para quem deseja se mudar imediatamente com alternativas para pagamento. A Brasal Incorporações estará presente no evento com 50 unidades do Flampark Residential Club, com apartamentos de dois, três e quatro quartos. Serão plantas de 88 a 118m² com valores entre R$ 400 mil a R$ 500 mil.

Entre as facilidades, a Brasal irá disponibilizar o parcelamento direto com a construtora, em até cinco anos. “A opção é ideal para aqueles que não querem ficar com um financiamento por muitos anos”, diz Leandro Baptista, gerente comercial da construtora. O empreendimento fica no Setor Jardim Goiás, ao lado do Parque Flamboyant, um dos cartões postais da cidade.

A Brasal Incorporações faz parte de um dos maiores grupos empresariais da região Centro-Oeste, com 52 anos de história e atuação nos segmentos de incorporação e construção imobiliária, produção, distribuição e comercialização de bebidas, revenda de veículos e comercialização de combustíveis.

Compartilhe em suas redes sociaisShare on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Pin on Pinterest
Pinterest
Share on Tumblr
Tumblr
Share on LinkedIn
Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *