sábado, agosto 24, 2019
Início > Cultura > Fusão de Cultura e Educação leva servidores a protestar contra novo ministro

Fusão de Cultura e Educação leva servidores a protestar contra novo ministro

Hylda Cavalcanti
Da Rede Brasil Atual

O novo ministro da Educação e Cultura, Mendonça Filho, passou por um escracho no primeiro dia à frente do cargo. A fusão das duas pastas e o perfil do ministro empossado levou a críticas por parte de intelectuais e acadêmicos. A nova estrutura do ministério será remontada e o chefe da pasta, deputado pelo DEM de Pernambuco, resolveu fazer uma reunião de apresentação no auditório do Ministério da Educação, e depois foi se reunir com os demais servidores no prédio da Cultura. Mas foi recebido com cartazes e gritos de “Vaza”, “Não reconhecemos um ministério golpista” e “Cultura sim, golpe não”.

Imagens foram divulgadas em vídeo feito pela rede social do coletivo Mídia Ninja. Como ex-líder do DEM na Câmara, parlamentar experiente no Congresso Nacional com várias legislaturas e ex-governador de Pernambuco, o ministro tentou minimizar a questão e acalmar os ânimos dos servidores. Ele não se alterou, disse que como democrata entende este tipo de manifestação, mas não conseguiu disfarçar o ar de constrangimento.

Dirigindo-se aos servidores, procurou acalmar. Disse que tentará realizar um trabalho que atenda às expectativas de todos – dando a entender que compreende o tom da insatisfação do setor. Mas Mendoncinha, como é conhecido, não conseguiu falar mais que umas poucas palavras, diante dos gritos e protestos dos que faziam, até ontem, parte do Ministério da Cultura (Minc).

 

Compartilhe em suas redes sociaisShare on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Pin on Pinterest
Pinterest
Share on Tumblr
Tumblr
Share on LinkedIn
Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *