terça-feira, junho 25, 2019
Início > Geral > Ministro do STF, Marco Aurélio afirma que Sergio Moro atropelou as regras

Ministro do STF, Marco Aurélio afirma que Sergio Moro atropelou as regras

Jornal do Brasil

‘Amanhã constroem um paredão na praça dos Três Poderes’, alertou o ministro

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello criticou as últimas ações do juiz Sergio Moro, em entrevista à coluna de Monica Bergamo, na Folha de S.Paulo. O ministro da mais alta Corte do país afirmou que “só se conduz coercitivamente o cidadão que resiste e não comparece para depor”.

“Condução coercitiva? O que é isso? Eu não compreendi. Só se conduz coercitivamente, ou, como se dizia antigamente, debaixo de vara, o cidadão de resiste e não comparece para depor. E o Lula não foi intimado”, afirma ele.
Marco Aurélio disse à Folha que é preciso “colocar os pingos no is’, em relação à investigação, mas que não se pode atropelar a lei. “O atropelamento não conduz a coisa alguma. Só gera incerteza jurídica para todos os cidadãos. Amanhã constroem um paredão na praça dos Três Poderes”.
O ministro também ironizou o argumento de Sergio Moro e dos procuradores de que a medida foi tomada para assegurar a segurança de Lula. “Será que ele [Lula] queria essa proteção? Eu acredito que na verdade esse argumento foi dado para justificar um ato de força”, segue o magistrado. “Isso implica em retrocesso, e não em avanço”.
Para Mello, Moro “estabelece o critério dele, de plantão”, o que seria um risco. “Nós, magistrados, não somos legisladores, não somos justiceiros”, alertou. “Se pretenderem me ouvir, vão me conduzir debaixo de vara? Se quiserem te ouvir, vão fazer a mesma coisa? Conosco e com qualquer cidadão? O chicote muda de mão. Não se avança atropelando regras básicas”.
Compartilhe em suas redes sociaisShare on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Pin on Pinterest
Pinterest
Share on Tumblr
Tumblr
Share on LinkedIn
Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *