quarta-feira, outubro 23, 2019
Início > Cidades > MP prende ex-prefeito e presidente da Câmara de Água fria por desvio de verba pública

MP prende ex-prefeito e presidente da Câmara de Água fria por desvio de verba pública

Operação do Ministério Público em Água Fria prendeu, na manhã desta quarta-feira (20) o ex-prefeito da cidade, João de Deus Silva Carvalho, e o presidente da Câmara Municipal Roberto Márcio Morais de Castro (PSDB) entre outros sete servidores públicos e empresários da cidade. Eles são suspeitos de desviar recursos voltados a realização de shows entre 2013 e 2014.

Além dos nove mandados de prisão, preventiva e temporária, o MP cumpre outras 10 ordens de busca e apreensão. As ações são coordenadas pelo Promotor Rafael Simonetti e têm apoio das polícias Civil e Militar. “As investigações apontam que o montante dos desvios ultrapassa os R$ 500 mil”, revela Rafael.

Policiais ainda cumprirão 10 mandados de busca e apreensão (Foto: divulgação/MP)

Mais Goiás tentou contato, sem sucesso, com a prefeitura da cidade. Por outro lado, o vereador Sílvio Ribeiro (PP), que assume interinamente a presidência da câmara local, afirmou ter tomado conhecimento da operação – denominada Show de Horrores – agora ‘há pouco” e irá se inteirar da situação antes de emitir declarações. Entretanto, ele adiantou “nunca ter ouvido falar dos mencionados e supostos desvios”.

Esta redação tenta obter o contato da defesa dos envolvidos.

“Cheque-Mate”

Em janeiro, Roberto Márcio, que é réu em ação penal por associação criminosa, crime de responsabilidade, apropriação de bens ou rendas públicas e desvio de dinheiro, chegou a ser afastado da presidência da casa pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). De acordo com informações da operação “Cheque-Mate”, conduzida pelo MP em 2018 para desarticular uma quadrilha que agia no Executivo do município com participação de ex-gestores, Roberto ainda responde por Falsidade ideológica e falsificação de documentos. A “Cheque-Mate” também teve participação do promotor Rafael Simonetti, que agora lidera a nova ação ministerial.

Por: Mais Goiás

Compartilhe em suas redes sociaisShare on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Pin on Pinterest
Pinterest
Share on Tumblr
Tumblr
Share on LinkedIn
Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *