segunda-feira, outubro 21, 2019
Início > Geral > Prefeitura de Cidade Ocidental comprou R$ 395 mil em sucatas e é investigada

Prefeitura de Cidade Ocidental comprou R$ 395 mil em sucatas e é investigada

Polícia Civil, por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes contra a Administração Pública (Dercap), deflagrou nesta quinta-feira (26) a Operação Rainha da Sucata, que visa investigar gastos de R$ 395 mil por parte da Prefeitura de Cidade Ocidental, no entorno do Distrito Federal, para manter 23 veículos já sucateados em sua frota. As investigações dizem respeito à administração municipal entre 2013 e 2015, período em que também foram gastos mais de R$ 1,4 milhão na manutenção dos automóveis do município.

A delegada responsável pelo caso, Tatiana Barbosa, explica que as investigações começaram em 2015, quando um então vereador denunciou que havia carros da prefeitura parados no pátio da Secretaria de Planejamento do município pelos quais se pagava manutenção constantemente. Então, as investigações iniciaram e descobriu-se o pagamento de R$ 395 mil para manutenção e peças de 23 carros em estado irrecuperável estavam sendo mantidos por duas empresas contratadas pela prefeitura.

Tatiana explica que as mesmas empresas receberam um total de R$ 1.440.000 no período e dois anos para prestar manutenção à frota da prefeitura. “As investigações devem para saber se esse veículos estavam realmente sendo utilizados pela Prefeitura durante esse tempo”, argumenta.

Durante a operação, foram cumpridos nove mandados de busca e apreensão em Cidade Ocidental, Goiânia, Aparecida de Goiânia e no Distrito Federal. A delegada conta que foram apreendidos contratos, documentos, balancetes e notas fiscais nas residências da ex-prefeita do município, de uma secretária, de um chefe de gabinete e dos proprietários das duas empresas que assinaram com o município para garantir a manutenção dos carros.

Além disso, uma equipe da Polícia Técnico Científica esteve no pátio em que os veículos são mantidos para analisar a situação dos mesmos e comprovar se a denúncia de que os automóveis já estavam sucateados à época do contrato procede. A investigação, como esclarece Tatiana, deve prosseguir com a análise dos documentos apreendidos, a perícia dos carros e a oitiva dos suspeitos.

Dentre os carros sucateados, hoje em situação de abandono, estão vans e ônibus escolares, ambulâncias e carros de passeio utilizados em atividades oficiais do município. O local onde está a antiga frota está tomado pela vegetação e os veículos se encontram em estado deteriorado (veja no vídeo abaixo).

“Nós acreditamos que esses ex-membros da prefeitura estão envolvidos no caso. Se for comprovado o envolvimento, eles podem responder por crime de responsabilidade, que tem pena de até dois anos”, finaliza a delegada. O Mais Goiásentrou cem contato com a Prefeitura de Cidade Ocidental, mas não obteve retorno sobre o caso.

Veja imagens dos veículos feitas pela Polícia Civil:

Os veículos brancos na imagens foram identificados pela polícia como sendo ambulâncias. (Imagem: Polícia Civil)

Os veículos brancos na imagens foram identificados pela polícia como sendo ambulâncias. (Imagem: Polícia Civil)

Fonte: Mais Goiás

Compartilhe em suas redes sociaisShare on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Pin on Pinterest
Pinterest
Share on Tumblr
Tumblr
Share on LinkedIn
Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *