sexta-feira, julho 19, 2019
Início > Educação > Professores fazem assembleia e diversas categorias paralisam no DF

Professores fazem assembleia e diversas categorias paralisam no DF

Nas pautas estão inclusos pleitos individuais de trabalhadores de diversos setores, e protestos contra a reforma da previdência

Diversas categorias vão paralisar no Distrito Federal nesta quinta-feira (22/9). Sindicatos mobilizam trabalhadores em protestos contra a reforma da previdência, as mudanças na legislação trabalhista, além de pleitos individuais de cada setor. O Sindicato dos Professores do DF (Sinpro) se reuniu com educadores na Praça do Buriti, e o Sindicato dos Servidores do Detran (Sindetran) com trabalhadores do órgão, em frente ao prédio sede do Departamento de Trânsito do DF, atrás do Palácio do Buriti. Bancários, auxiliares da administração escolar e urbanitários, dentre outros, também cruzarão os braços.

Diretora do Sinpro, a professora Rosilene Correa destaca que, além das reformas propostas pelo Governo Federal, a categoria também faz diversas cobranças ao GDF. No ato desta quinta, docentes de escolas públicas votarão a agenda de assembleias e atos para pressionar o governo a pagar reajustes e o calendário de licença prêmio de recém-aposentados. “Mais de 1 mil aposentados estão sem receber.

“Precisamos destacar que hoje é um dia de paralisação nacional. Chamamos a categoria e conciliamos as agendas para otimizar o encontro. Nos organizamos, ainda, para uma greve geral de toda a classe trabalhadora, contra as mudanças na CLT, na previdência e contra a Proposta de Emenda a Constituição (PEC) número 241, que pretende paralisar os investimentos no setor público por 20 anos”, destacou a professora.

Mais protestos

Os funcionários do Detran farão ao menos dois atos hoje. Após a assembleia em frente a sede do órgão, está marcado para 14h um protesto às 14h na Câmara Legislativa e, logo após, uma audiência pública na Casa. A mobilização afetou serviços como atendimento ao público, vistorias, fiscalizações de trânsito, fiscalização de CFC e serviços administrativos. A recomendação do sindicato é que a população não procure o órgão hoje.

Confira parte da agenda de paralisações divulgada no Central Única dos Trabalhadores (CUT):

7h – Ato dos Servidores Públicos Federais, no Espaço do Servidor, na Esplanada dos Ministérios
7h – Assembleia por local de trabalho do Sindicato de Transporte de Valores (Sindvalores)
9h – Ato na Companhia Energética de Brasília (CEB), no Setor de indústria e Abastecimento (Sia)
9h – Assembleia do Sindetran no estacionamento do Detran Sede;
9h30 – Assembleia do Sindicato dos Auxiliares da Administração Escolar do DF (SAE), em frente à Câmara Legislativa do DF;
9h30 – Assembleia do Sinpro em frente ao Palácio do Buriti;
10h – Ato do Sindicato dos Servidores e Empregados da Administracao Direta, Funcional, das Autarquias, Empresas Públicas e Sociedades de Economia Mista do DF (Sindser) – Em frente ao TCDF
14h – Ato Unificado em Defesa da Plataforma da Classe Trabalhadora – Em frente à Câmara Legislativa.

Publicado originalmente por: Correio Braziliense

Compartilhe em suas redes sociaisShare on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Pin on Pinterest
Pinterest
Share on Tumblr
Tumblr
Share on LinkedIn
Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *