sábado, janeiro 19, 2019
Início > Geral > Terceirizados da saúde paralisam por falta de pagamento

Terceirizados da saúde paralisam por falta de pagamento

Desde segunda-feira (11) os trabalhadores, terceirizados da saúde, responsáveis pela limpeza de hospitais, postos de saúde e UPAs (Unidades de Pronto Atendimento), paralisaram seus serviços devido à atrasos no pagamentos.

Com os salários de junho e julho atrasados os servidores da limpeza de seis hospitais do Distrito Federal entraram em greve desde segunda (11) e estão atendendo apenas Unidades de Tratamento Intensivo (UTI).

Em média 2,5 mil trabalhadores estão paralisados e são prejudicados pelos atrasos. Na tentativa de evitar paralisações a Secretaria da Saúde está em contatos com as empresas responsáveis pelo serviço desde a semana passada e em nota descontingenciou 11 milhões de reais e subsidiou mais 22 milhões para pagamento dos dois meses atrasados aos servidores. Que deveriam receber R$ 1.052,22 e mais o tíquete alimentação de 27,50 até o quinto dia útil do mês.

Até o momento não se sabe ao certo quantos trabalhadores paralisaram, dado que o serviço é feito por turno e que são necessários que pelo menos 30% dos trabalhadores não paralisem.

Se o pagamento não for realizado, o problema poderá se estender para vigilantes e outros serviços terceirizados.

Compartilhe em suas redes sociaisShare on Facebook
Facebook
Share on Google+
Google+
Tweet about this on Twitter
Twitter
Pin on Pinterest
Pinterest
Share on Tumblr
Tumblr
Share on LinkedIn
Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *