terça-feira, junho 25, 2019
Início > Geral > Terceirizados da saúde paralisam por falta de pagamento

Terceirizados da saúde paralisam por falta de pagamento

Desde segunda-feira (11) os trabalhadores, terceirizados da saúde, responsáveis pela limpeza de hospitais, postos de saúde e UPAs (Unidades de Pronto Atendimento), paralisaram seus serviços devido à atrasos no pagamentos.

Com os salários de junho e julho atrasados os servidores da limpeza de seis hospitais do Distrito Federal entraram em greve desde segunda (11) e estão atendendo apenas Unidades de Tratamento Intensivo (UTI).

Em média 2,5 mil trabalhadores estão paralisados e são prejudicados pelos atrasos. Na tentativa de evitar paralisações a Secretaria da Saúde está em contatos com as empresas responsáveis pelo serviço desde a semana passada e em nota descontingenciou 11 milhões de reais e subsidiou mais 22 milhões para pagamento dos dois meses atrasados aos servidores. Que deveriam receber R$ 1.052,22 e mais o tíquete alimentação de 27,50 até o quinto dia útil do mês.

Até o momento não se sabe ao certo quantos trabalhadores paralisaram, dado que o serviço é feito por turno e que são necessários que pelo menos 30% dos trabalhadores não paralisem.

Se o pagamento não for realizado, o problema poderá se estender para vigilantes e outros serviços terceirizados.

Compartilhe em suas redes sociaisShare on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Pin on Pinterest
Pinterest
Share on Tumblr
Tumblr
Share on LinkedIn
Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *