segunda-feira, outubro 21, 2019
Início > Geral > Vereador propõe investigação do contrato da prefeitura de Goiânia com a Saneago

Vereador propõe investigação do contrato da prefeitura de Goiânia com a Saneago

O vereador Romário Policarpo (PTC) apresentou a criação de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) para investigar o contrato firmado entre a Prefeitura de Goiânia e a Saneago. Segundo o parlamentar, o documento foi enviado para Câmara Municipal na gestão de Paulo Garcia (PT). Contudo, a lei não foi sancionada na gestão anterior, devido ao período eleitoral, nem na de Íris Rezende (MDB).

A proposta de Romário prevê a análise de vários pontos do contrato, que pode ser invalidado devido à falta de assinatura do prefeito. Outro ponto a ser investigado pela CEI é a proporção entre a geração de recursos e o retorno de investimentos para a capital, já investigada pelo Ministério Público Federal em Goiás (MPF-GO).

“Vamos apurar a denúncia de que a Saneago pega o valor que ela deveria investir em Goiânia […] e usa o dinheiro para fazer investimentos da empresa em outros locais, que não geraram os recursos suficientes para fazer esses investimentos”, afirma o vereador Romário. Ele explica que o que eles querem é a proporção correta entre a geração de recursos e o investimento na capital. “É claro que a gente não quer prejudicar as outras cidades”, completou.

Também serão avaliados os Atestados de Viabilidade Técnica Operacional (AVTOs), que são autorizações de construções de novos empreendimentos. Segundo o vereador, em alguns lugares a rede de esgoto é a mesma de 30 anos atrás. Com o aval do AVTO da Saneago, as populações dessas regiões aumentam até 50%, mas o esgoto continua antigo. “O esgoto tem supitado, derramado. E isso tem causado muito constrangimento para a população”, disse Romário.

Outro aspecto a ser analisado é a frequência com que a Saneago tem executado obras em Goiânia e se, de fato, é feito o reembolso para a reconstrução dos asfaltos danificados para isso. “A CEI não é uma investigação sobre a empresa, mas sim sobre o contrato entre Saneago e Prefeitura, se ele de fato foi firmado e se está sendo seguido”, ressalta o vereador.

Fonte: Mais Goiás

Compartilhe em suas redes sociaisShare on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Pin on Pinterest
Pinterest
Share on Tumblr
Tumblr
Share on LinkedIn
Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *